Historico

O grupo 1maginári0: Poéticas Tecnológicas existiu sob a liderança do Prof. Francisco Carlos de Carvalho Marinho e subliderança do Prof. Jalver Bethônico entre 2008 e 2015, abaixo apresentamos uma linha do tempo:

  1.  A pesquisa e prática na área de Arte Computacional do 1maginari0, teve seu primeiro trabalho interdisciplinar durante no 38o. Festival de Inverno da UFMG, em julho de 2006. Neste evento, reuniram-se vários professores e artistas no intuito de criar colaborativamente a primeira versão do Palavrador.
  2. O Palavrador II é a continuação do trabalho Palavrador de 2006, e é um livro físico que interage com um mundo poético cibernético construído em 3D. O livro físico Palavrador II e o software que o compõe participou da ACM SIGGRAPH 2007 Art Gallery – Glogal Eyes.
  3. Resultante da disciplina Ateliê em Arte computacional em 2007, uma disciplina da pós-graduação em artes visuais, da Escola de Belas Artes resultou em uma exposição realiza na galeria da escola. Nesta ocasião, os alunos foram incentivados a produzir projetos de interesse individual, e com o apoio do grupo, construir a programação e hardware necessário para cada projeto culminando na Exposição de Arte Digital EBA – UFMG, que ocorreu no saguão da Reitoria nos dias 18 a 21 de Novembro de 2008.
  4. O Grupo de pesquisa 1maginari0 foi oficialmente fundado em 2008 e utilizava o espaço do Laboratório de Multimídia da Escola de Belas Artes coordenado pelo Professor Heitor Capuzzo.
  5. As ações do grupo, e a participação ativa dos professores da pesquisadores na área de arte computacional garantiram a presença do curso de graduação em Artes Digitais em conjunto com a antiga habilitação em Cinema de Animação do curso de Artes Visuais da Escola de Belas Artes da UFMG (CAAD) .
  6. No ano de 2010, em Março, o grupo assina a produção de duas instalações do antigo Espaço do Conhecimento Tim-UFMG, hoje nomeado Espaço do Conhecimento UFMG e localizado na praça da liberdade em Belo Horizonte, Minas Gerais. O espaço físico foi entregue pela TIM e a UFMG foi responsável na produção do conteúdo interno do prédio. O grupo foi convidado a assinar uma instalação denominada Ecologia Interativa e contribuir para o desenvolvimento da interface e trilha sonora da instalação Pangeia.
  7. Durante os anos de 2011 e 2015 o 1maginari0 transformou-se em um laboratorio de produção em Arte Computacional no Conservatório de Música da UFMG. Durante este período foram produzidos inúmeros trabalhos (incluindo um grupo de instalações interativas para o museu do História Natural da UFMG – Espaço Interativo de Ciências da Vida) e outras inúmeras instalações de arte tecnológica, além de produção científica e experimental na área.
  8. Em 2015, o laboratório no Conservatório de Música da UFMG foi desativado e parte de seu equipamento distribuído para o LAC (Laboratório de Arte Computacional) localizado na EBA, e outra parte para Tiradentes.

Alunos de Pós-graduação e graduação:

  • Leonardo Souza – doutorado – Poéticas Tecnológicas (Concluído)
  • Marcos Coutinho – doutorado – Poéticas Tecnológicas (Concluído)
  • Marcelo Padovani – graduação – CAAD (Concluído)
  • Thatiane Mendes – doutorado – Poéticas Tecnológicas (Concluído)
  • Rosilane Mota (Profa. CAAD) e doutora em Poéticas Tecnológicas (Concluído)
  • Henrique Roscoe – doutorado – Poéticas Tecnológicas (Concluído)
  • Luciano Marensi – Mestrado – Poéticas Tecnológicas (Concluído)
  • Pedro Veneroso – doutorado – Poéticas Tecnológicas (em andamento)
  • Italo Travenzoli  – doutorado – Poéticas Tecnológicas (em andamento)
  • André Silva – Mestrado – Poéticas Tecnológicas (em andamento)
  • Angélica Beatriz (Profa. CAAD) e doutoranda em Poéticas Tecnológicas (em andamento)

Hoje, o grupo é composto por Professores e Funcionarios da Escola de Belas Artes da UFMG e está vinculado tanto ao curso de Artes Digitais (CAAD) quanto a pós-graduação na linha de Poéticas Tecnológicas.